Jornal do Brasil

Balcão de Emprego

Circuito oferece vagas para profissionais com deficiência

 Eventos de intermediação de mão de obra atenderam duas mil pessoas

Jornal do Brasil

O Governo do Estado e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) realizaram o Circuito Fluminense de Inclusão da Pessoa com Deficiência, o Circuito D. Foram realizados eventos no Rio de Janeiro, em São Gonçalo e em Duque de Caxias. Cerca de duas mil pessoas procuraram atendimento nas feiras. O objetivo da ação é aumentar a inserção e facilitar o acesso de trabalhadores com deficiência ou reabilitados do INSS ao mercado formal de trabalho. 

– O projeto proporcionou uma oportunidade para aproximar as empresas de um profissional que elas muitas vezes precisam, mas não conseguem localizar. Com o Dia D, colocamos o profissional e a empresa juntos, facilitando a contratação – disse o secretário de Trabalho e Renda, Milton Rattes. 

A ação contou com a integração de vários órgãos públicos e participação de cerca de 60 empresas. Toda estrutura de informática para atendimento à população, como internet, rede, computadores e impressoras, foi disponibilizada pelo Sistema Firjan (Sesi-RJ e Senai-RJ). 

Dados do Ministério do Trabalho e Emprego mostram que o estado conta com mais de 85 mil vagas para pessoas com deficiência e reabilitados do INSS. Desse total, 28,9 mil foram preenchidas, o que equivalente a 34% com ocupação e 66% em aberto. 

Setor especial 

A Secretaria de Trabalho e Renda tem um setor especial para pessoas com deficiência. O Núcleo Estadual de Atendimento ao Deficiente (Nead) atende pelo site www.rj.gov.br/web/setrab.

Além disso, todos os postos do Estado do Rio estão preparados para o atendimento de pessoas com deficiência. As vagas disponíveis podem ser acessadas, normalmente, em qualquer unidade.