Ciência e Tecnologia

Vice-presidente americano anuncia a criação da Força Espacial dos EUA

Agência AFP

O vice-presidente Mike Pence revelou nesta quinta-feira detalhes dos planos de criar uma Força Espacial que será o sexto braço militar dos Estados Unidos, afirmando que é preciso se preparar para "o próximo campo de batalha".

"Chegou o momento de escrever o próximo grande capítulo da história de nossas forças armadas, de se preparar para o próximo campo de batalha, para onde serão convocados os melhores e os mais corajosos americanos para dissuadir e vencer uma nova geração de ameaças ao nosso povo, à nossa nação", afirmou em um discurso no Pentágono.

"Chegou a hora de criar a Força Espacial dos Estados Unidos", enfatizou.

"O presidente Donald Trump ordenou ao departamento de Defesa que começasse imediatamente o processo necessário para estabelecer uma Força Espacial como o sexto braço das forças armadas", acrescentou Pence.

Em 18 de junho, Trump ordenou ao Pentágono a criação dessa nova "Força Espacial", prometendo o "domínio americano" na exploração da Lua e de Marte, mas também em uma eventual guerra pelo espaço.

"Os Estados Unidos serão sempre os primeiros no espaço", disse Trump durante um discurso na Casa Branca.

"Não queremos que China nem Rússia e outros países nos dominem", acrescentou, apontando que seu governo "retomará o legado dos Estados Unidos como principal país na exploração espacial".

O presidente retomou um ponto que já havia evocado anteriormente: a criação de uma força espacial independente da força aérea, uma ideia polêmica em Washington, e especialmente dentro do Pentágono.

Na terça-feira, o secretário Jim Mattis disse concordar que o Pentágono deveria criar um novo comando dedicado ao espaço, mas indicou que ainda não está claro como se executará a ordem do presidente Trump.

Segundo o esboço de um relatório militar sobre a constituição dessa força, obtido pelo site de notícias militares Defense One, os planejadores do Pentágono estão delineando uma série de passos em direção a uma Força Espacial.

Embora a criação de um novo ramo das forças armadas requeira a aprovação do Congresso, o Pentágono propõe criar um novo "comando combatente", chamado US Space Command, que estaria dedicado ao espaço.

O enorme exército dos Estados Unidos divide o globo terrestre em comandos de combatentes, como o Comando Central no oriente Médio ou o Comando Indo-Pacífico na Ásia, de modo que o novo Comando Espacial teria o mesmo perfil destes.

wat-sst/jm/cn