Ciência e Tecnologia

França quer criar 'imposto' para estimular reciclagem do plástico

Agência AFP

O governo francês quer promover, a partir do ano que vem, um sistema de "bônus/ônus" que promoverá a reciclagem do plástico, fazendo o consumidor pagar mais pelos produtos mais poluentes.

"Amanhã, quando puder escolher entre duas garrafas, uma fabricada com plástico reciclado e a outra, não, a primeira será mais barata", disse a secretária de Estado de Transição Ecológica e Solidariedade, Brune Poirson, em declarações ao semanário dominical Journal du Dimanche (JDD).

Segundo Poirson, a medida entrará em vigor em 2019. Em princípio, consistirá em um sistema de "bônus/ônus" para os produtos fabricados com plástico, cujo preço vai variar 10%, dependendo se forem reciclados, ou não. Ela não deu detalhes sobre o plano.

Na campanha eleitoral de 2017, o presidente Emmanuel Macron prometeu que, na França, até 2025, 100% dos produtos plásticos serão reciclados, contra os atuais 25%.