Esportes

Fifa rejeita denúncia de Neymar contra Barcelona, diz rádio

Brasileiro cobra 2ª parte de bônus de renovação contratual

Agência ANSA

A Fifa rejeitou a denúncia feita pelo craque Neymar contra o Barcelona, na qual o brasileiro exigia o pagamento de 40 milhões de euros referentes à segunda parte do bônus pela renovação de seu contrato, em 2016, informou a rádio catalã "Cadena Ser" nesta terça-feira (13).

    De acordo com a imprensa espanhola, a vitória do Barça perante à Fifa deve gerar um novo capítulo no litígio entre o clube e o jogador. Segundo o Barcelona, ao se transferir para o Paris Saint-Germain, Neymar descumpriu unilateralmente o acordo firmado.Sendo assim, não teria direito ao bônus.

Fifa rejeita denúncia de Neymar contra Barcelona, diz rádio

    Inicialmente, o clube catalão estaria estudando cobrar 75 milhões de euros de Neymar por não cumprir o contrato, além de cobrar uma multa por danos e prejuízos causados. Mas, segundo a rádio, já há uma certa satisfação entre os dirigentes, pois eles acreditam que a disputa começa "com 1 a 0 a favor do Barcelona". No entanto, os advogados do atacante do PSG podem tentar um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

    Neymar deixou o Barça no meio do ano passado após o pagamento da multa de 222 milhões de euros, na transação mais cara do futebol mundial. Ele tinha renovado contrato com o clube catalão em outubro de 2016, meses antes de sair. (ANSA)