Jornal do Brasil

Heloisa Tolipan

"Bibi foi muito forte". Juliana Paes anuncia pausa na televisão

A atriz revelou que, só após o fim da trama de Gloria Perez, pôde sentir a repercussão da personagem

Jornal do Brasil

Juliana Paes já pode se considerar uma representante artística da obra de Jorge Amado, afinal, possui duas personagens dos romances do autor baiano. O papel de Gabriela saiu dos livros para virar fenômeno televisivo na série da Globo junto do talento da atriz. No dia 23 de novembro, o filme Dona Flor e Seus Dois Maridos será lançado e também conta com a atuação da musa. “Este universo de Jorge Amado já me era familiar, mas Dona Flor é uma personagem muito diferente de Gabriela, em um sentido de ser mais parecida comigo. É uma mulher mais moldada pela moral, pela sociedade e seus costumes. Uma pessoa mais tolhida pelo que era imposto e aceitável na época. Acho bacana quebrar estes tabus em um momento tão propício, onde estamos falando de empoderamento feminino. Dona Flor manda em seus desejos, vontades e termina o filme sem fazer uma escolha entre a razão e a emoção”, analisou Juliana.

Juliana Paes como Bibi Perigosa
Juliana Paes como Bibi Perigosa

Nesse semestre, a atriz acabou juntando o fim da novela "A Força do Querer" com o mês de divulgação do longa. “Ainda estou bem cansada, mas estou muito feliz. No entanto, sinto que preciso descansar agora. Acabei emendando, novamente, os trabalhos. Enquanto todo mundo do elenco foi viajar, fui para o nordeste divulgar o filme. Apesar de saber que tenho que descansar, quero esperar as férias dos meus filhos que só entram em dezembro”, contou ela, que pretende passar 2018 longe das telinhas. "Preciso mesmo ficar fora da TV um pouquinho porque a Bibi foi muito forte", disse, referindo-se à personagem que acaba se envolvendo com o crime por conta do amor por um traficante, é presa e, no fim, tem sua redenção e o esperado final feliz. "As pessoas ainda estão muito emocionadas com a personagem. Ainda estou sentindo essa repercussão, agora que tenho podido sair na rua, falar com as pessoas. Fico muito feliz", comemorou.

A atriz confessou que não esperava o fenômeno que o seu papel ganhou. “Por mais que tente me desapegar da Bibi, as pessoas não deixam. Ainda me chamam muito pelo nome dela. Esta personagem foi uma catarse na minha vida, um marco na minha carreira. Eu não estava acostumada a ser chamada pelo nome do meu papel, como está acontecendo. Estou sentindo o furacão que foi a ela, um papel muito especial que fico emocionada de ter feito”, explicou.

O próximo passo da carreira de Juliana é o carnaval. Apesar de faltar apenas três meses para o evento, ela ainda não começou a se preparar. “Não estou preocupada com o carnaval. A minha preparação é ir aos ensaios, porque vou ter que relaxar com a alimentação, afinal, não tem como fazer dieta viajando com as crianças. Vou tentar segurar o máximo e construir um cardápio balanceado, mas isso foi o que sempre fiz na vida. Não vai dar tempo de fazer qualquer preparo para esta data porque volto no dia 25 de janeiro e o carnaval já é no dia 11, ou seja, vou ter apenas duas semanas para treinar”, brincou.