Heloisa Tolipan

Monique Evans fala sobre assédio no meio artístico: "Fui contra e olha onde acabei"

"Isso rola porque sempre foi aceito em troca de um lugarzinho ao sol", afirmou ela

Jornal do Brasil
Heloisa Tolipan

Desempregada aos 61 anos, Monique Evans usou suas redes sociais para dar um depoimento sincero sobre o assédio no meio artístico - que ela afirma sempre ter existido. Ela foi além e revelou que nunca se submeteu à testes do sofá. "Rolam aqueles dias que queremos fugir da realidade. Queremos entender algumas injustiças, o porquê de alguns terem tanto enquanto outros ralam tanto pra terem tão pouco. O porquê de gente talentosa estar fora da mídia, enquanto temos tanta merda fazendo sucesso... Não entendo!", analisou ela. "Falam de bundas e peitos e esquecem do verdadeiro talento, de quem estudou e se dedicou anos para aprender a profissão", lamentou.

Monique Evans

"Muitos se vendem, muitos trabalham de graça ou cobram muito pouco, querendo aparecer. E tiram o lugar de grandes profissionais! Assédio, isso rola porque sempre foi aceito em troca de um lugarzinho ao sol. Enquanto quem é determinado, leva a sério seu trabalho é discriminado! Sei bem como é isso!!!! Sempre fui contra o teste do sofá, e olha onde acabei? Mas o mais importante é dormir sem culpa. Saber do seu valor! Saber que tudo que você conseguiu foi com seus méritos. Posso dormir tranquila! Desempregada, mas tranquila. O sono dos justos!", afirmou.