Informe JB

Faca no peito

Jornal do Brasil
Informe JB
Jan Theophilo

No primeiro dia útil, de verdade, após a revelação dos jornalistas Berenice Seara e Bruno Abbud da reunião do bispo Crivella com pastores no Palácio da Cidade, a panela ferveu do Piranhão ao Palácio Tiradentes. Na sede da prefeitura, depois da queda no fim de semana de Daniel Braga _ quadro oriundo da campanha de João Doria _, que cuidava das redes sociais do bispo, Crivella perdeu Inni Vargas, sua assessora de imprensa desde os tempos de senador. “Cheguei ao meu limite”, disse Inni, negando as versões de que teria sido demitida. Já na Câmara, a oposição projetava ontem que o fim do mandato do prefeito depende apenas do (P) MDB. É que se o presidente da Casa aceitar convocar os edis em meio ao recesso e algum dos pedidos for aprovado, será instalada uma comissão que terá três meses para concluir seus trabalhos. Ou seja, em novembro, a Câmara poderia ter de convocar novas eleições. Mas, se postergar o pedido e os trabalhos terminarem em dezembro ou janeiro, com dois anos de mandato cumpridos, o cargo vai para o primeiro na linha de sucessão, no caso, o presidente da Câmara, Jorge Fellipe. Enquanto enrola o bispo, o (P) MDB apresenta suas exigências. Além da nomeação do Dr Jairinho para a Casa Civil, o partido quer nomear o novo secretário de Ordem Urbana e receber, numa bandeja de prata, a cabeça do secretário de Educação, César Benjamin. Não à toa, nos corredores da Casa o presidente já tem sido chamado de “Seu Barriga”. Maldade...

Corneteiro 

José Dirceu foi surpreendido sábado, ao chegar para um almoço em torno de alguns amigos na Área das Chácaras em Brasília. Levaram para saudá-lo o trompetista que fica na porta do Palácio do Planalto tocando o “Olê, olê, olê, olá” toda vez que começa o Jornal Nacional. 

Caluda, tamborins 

A Polícia Federal proibiu o delegado Roberval Drex de conceder entrevistas. Durante oito horas de domingo era sobre os ouvidos dele que caíam as mais variadas pressões pela soltura ou não de Lula. 

Degraus do degrau 

Clássico representante da boemia carioca, o Restaurante Degrau, no Leblon, foi condenado pela 18ª Câmara Cível do TJ do Rio a pagar R$ 28 mil de indenização, por danos morais e materiais, para a cliente Sophia Maria de Lima Castro Campos. O Degrau foi responsabilizado por uma queda dela na escada que leva ao seu segundo andar, o que a obrigou a fazer uma cirurgia nas pernas. Laudo pericial constatou que não existia corrimão no trecho final dos degraus do Degrau.

Chope em casa 

Depois da fase das maquininhas de café, dos appliances de cozinha como Kitchen Aid e Cuisinart, o último grito são as máquinas que promovem uma mudança na textura da sua cerveja, fazendo com que qualquer Skol pareça um chope _ com colarinho cremoso e tudo. Modelos como a Fizzics estão saindo pela bobagem de R$ 899.

Sherlock Holmes 

O entorno do prefeito Crivella está convencido de que encontrou as digitais da vereadora Rosa Fernandes no vazamento da reunião com os pastores no Palácio da Cidade. 

Se vale para um... 

Nos subterrâneos sórdidos da política fluminense, comentava-se ontem que Eduardo Cunha e Sérgio Cabral estão pensando em anunciar suas pré-candidaturas. Assim, poderão pedir habeas corpus para poder fazer campanha. Quase deu certo anteontem com um amigo deles. Vai que cola, né?

----------

LANCE LIVRE

• Marcando um ano da morte de Elvira Vigna, será realizado hoje às 19h na livraria Books em Botafogo, um encontro aberto entre escritoras, com o intuito de homenagear a jornalista e destacar a produção de autoras da literatura brasileira. A Caixa Cultural recebe a partir de hoje a exposição “Loucuras Anunciadas”, uma compilação de vinte obras do pintor rococó Francisco Goya.