Jornal do Brasil

Informe JB

Os negócios das empresas com o escritório de Fichtner: 'JB' já alertava

Jornal do Brasil

Os procuradores que investigam o esquema de corrupção no governo Sérgio Cabral, que resultou na prisão do ex-chefe da Casa Civil Régis Fichtner, informaram na quinta-feira (23) que apuram também um esquema de corrupção no uso de precatórios por empresas que tinham dívidas, tributos e impostos com o governo do estado, e também por empresas que tinham interesse em fazer negócios com o governo e que procuravam justamente o escritório de advocacia de Fichtner.

O Jornal do Brasil já vinha alertando desde 2012 sobre os negócios nebulosos de Fichtner com o governo.

Régis Fichtner foi preso na quinta-feira
Régis Fichtner foi preso na quinta-feira

Em janeiro, deste ano, o JB publicou:

Especula-se sobre a possibilidade de os irmãos Fichtner assumirem a defesa de Cabral. Afinal, durante mais de 20 anos trabalharam com o ex-governador, e eles têm um dos mais importantes escritórios de advocacia do Rio. 

Eles poderão ser os novos colaboradores de Cabral, como sempre foram. Não haveria nem problemas de ordem financeira, pela proximidade e amizade que possuem.

>> Veja aqui e aqui

Em fevereiro, o JB afirmava:

Além de citar repasse de propinas a figurões do PMDB e do PSDB, a delação do empresário Fernando Cavendish, o grande amigo do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), promete balançar as estruturas do mundo do Direito, com a citação de alguns advogados do Rio de Janeiro.

>> Veja aqui

Também em fevereiro, o JB destacava que Fichtner poderia estar articulando sua delação.

A informação pode surpreender a todos, mas dizem que é verdade: Fala-se que o advogado Regis Fichtner que foi secretário da Casa Civil do ex-governador Sérgio Cabral, e também seu suplente como senador, e ainda procurador-geral da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, estaria fazendo delação premiada. A confirmar.

>> Veja aqui

Em agosto deste ano, o JB destacou: 

"Juristas" ligados ao esquema do ex-governador Sérgio Cabral, já preocupados, começam a ouvir advogados com boas ligações.

>> Veja aqui

Veja também outras notas do JB sobre o ex-chefe da Casa Civil de Cabral

>> Quem será o comprador no leilão da mansão de Cabral?

>> Fotos de festa com Sérgio Cabral e Cavendish em Paris vazam na internet

>> Fichtner: bajulação e ufanismo em torno de Cabral

>> A festa de Paris e a festa da comunidade