Internacional

Relações com EUA já atingiram mínimo possível, diz Moscou

Jornal do Brasil

As relações entre Rússia e Estados Unidos não podem piorar ainda mais depois da demissão do secretário de Estado Rex Tillerson, substituído por Mike Pompeo - declarou o Kremlin, que manifestou o desejo de uma abordagem "construtiva" com Washington.

"Dificilmente se pode cair mais baixo do que o chão, por isso, nesse aspecto, é difícil temer uma degradação" das relações bilaterais, disse à imprensa o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

"De qualquer modo, persiste a esperança de uma abordagem construtiva sobre as relações bilaterais. Sempre há esperança", acrescentou.

O presidente americano, Donald Trump, demitiu Tillerson na terça-feira. Ambos tinham relações conhecidamente difíceis.

Em um breve discurso de despedida ontem, o agora ex-secretário advertiu sobre o "comportamento e as ações preocupantes do governo russo".