Internacional

Polícia realiza batida na casa de ex-premier da Malásia

Agência AFP

A polícia da Malásia vasculhou nesta quinta-feira a residência do ex-primeiro-ministro Najib Razak, em meio às investigações deflagradas pelo novo governo sobre o escândalo de desvios de dinheiro público.

Ao menos dez veículos da polícia se dirigiram à residência de Najib na manhã desta quinta-feira, e muitos agentes entraram na casa, constatou a AFP no local.

O advogado de Najib confirmou que os agentes revistaram a casa e um apartamento durante seis horas, como parte de uma investigação por lavagem de dinheiro, mas não foi realizada qualquer detenção.

O novo governo, eleito nas legislativas de 10 de maio e dirigido por Mahathir Mohamad, 92 anos, quer recuperar o dinheiro desviado do fundo de desenvolvimento 1MDB, criado por Najib pouco depois de sua chegada ao poder, em 2009.

O escândalo sobre um fundo de 10 bilhões de euros explodiu em 2015 e é investigado em vários países, especialmente em Cingapura, Suíça e Estados Unidos, o que contribuiu muito para a derrota de Najib nas legislativas.

Najib Razak, sobre o qual pesam suspeitas de desvio de 640 milhões de euros, nega qualquer crime.